Home / Cultura / Paixão de Cristo em Vitória: “já vi Cristo fumando no palco, mas o Diabo chocou muito mais e foi proibido por Padre Renato”. Da série: Babados da Paixão.

Paixão de Cristo em Vitória: “já vi Cristo fumando no palco, mas o Diabo chocou muito mais e foi proibido por Padre Renato”. Da série: Babados da Paixão.

Esse texto é uma homenagem ao ator Cayo Ogam: o diabo mais chocante da história.

Reza a lenda que em Vitória de Santo Antão tem uma Paixão de Cristo em cada bairro. Mentira. Mas já teve muitas. A maioria das encenações não continuou por falta de apoio público/privado. Estão cagando para a história do menino Jesus. Essa é a verdade! Mas, quem não lembra de uma cena hilária das Paixões de Cristo em Vitória? Eu lembro de pelo menos três, vejamos:

Cayo Ogam

1. O Diabo, interpretado por Cayo Ogam, cortou os lábios com uma gilete e entrou em cena como uma grande peste bubônica. O sangue escorria pela mesma boca que iria em seguida cuspir vigorosas labaredas de fogo. Acabou engolindo querosene. Aproveitou e, ao sair, lavou com cachaça. Há rumores – muitos concordam com essa versão – de que o ator saiu tão atordoado que encontrou Padre Renato na multidão, se dirigiu a ele e gritou um feroz: vai tomar no c*! Resultado? O ator Cayo Ogam foi expulso da Paixão de Cristo da Matriz por ter interpretado um dos Diabos mais diabólicos da Zona da Mata de Santo Antão. Da Série: Babados da Paixão.

2. Esse mesmo Diabo proporcionou outra cena apavorante. Jesus estava pregado na cruz, porém num cenário que – não sei por que – estava com dificuldade de estabilizar o tronco da madeira. O Ator foi avisado que a cruz estava com problemas e que não deveria nem sequer tocá-la. Pois foi dito e feito. O Diabo entrou, agarrou a cruz e deu um giro de 360 graus. A cruz quase desaba! Imagine Cristo (interpretado por Zózimo) de cara no chão no final do espetáculo? Da Série: Babados da Paixão.

3. Há quem diga que estava assistindo a Paixão de Cristo de algum bairro de Vitória. Não lembro. Em determinada cena, as cortinas se abrem na hora errada e Cristo aparece fumando um cigarro para todo o público. Muitas gargalhadas! Aplausos! Gritos! Já pensou? Cristo fumando um Derby do azul? Da Série: Babados da Paixão.

Eu gostaria de montar um espetáculo da Paixão de Cristo com todos esses acontecimentos. No mínimo, eu seria excomungado. E seu eu fosse excomungado seria mais uma história pra série: Babados da Paixão.

OBS.: Tem Paixão de Cristo no Livramento (Praça do Jacaré). Dias 12 e 14 de abril. Às 20h. Cristo ou Barrabás?

 

Por Pablo Dantas

Pablo Dantas é Professor, produtor cultural e ator. Graduado em História e especialista em Cultura Pernambucana. É produtor do Canal Tapacurá; diretor do Programa Marquinho Saile, e membro do Conselho de Política Cultural de Vitória de Santo Antão. Há cinco anos circula pelo Brasil com o grupo de teatro Burrinha da Saudade.

Sobre André Ben

Desde 2013 acompanha as sessões da câmara de vereadores da Vitória de Santo Antão. Já atuou como assessor parlamentar e há 4 anos escreve matérias de natureza política para publicação em blog;

Além disso, verifique

Farra das Novinhas é a pedida da véspera do feriado

Com um casting diversificado e esperado pelo público vitoriense, a Farra das Novinhas vem para agitar …

Um comentário

  1. Rsrsrsrs… Rapaz… Cayo Ogam é punk e não sabia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com